E veio a lua de repente
Numa noite de verao
Mostrando estrelas cadentes
Jogando pratas no chao
Mostrando a cara da gente
Na agua do chimarrao
Senti uma lagrima quente
Nos olhos do coraçao

E uma saudade que vai, vai, vai,
Me embargar a garganta
E a minha voz quando sai, sai, sai,
E meu rio grande que canta

Lembrei dos campos da estançia
E da vassoura vermelha
Das brincadeiras de infançia
Do gaviao cor de telha
Do mal me quer desfolhada
Da guabiroba madura
Da primeira namorada
Da cacimba de agua pura .

Falsche Video?