Quis eu ser um cara valente
Que tanto me perdi
Em becos escuros
Segredos mal contados

Em medos, me encontro
Me afogo, me ouço
Um cara que grita sem parar
Mas sequer abre a boca

Está tudo na mente

Essa coragem que não se vê
Essa falta de não ter
Esse intangível ser
Mas eu só tento ser

Um cara valente

Um desespero sutil
Afavel obsessão
Pra encontrar o que perder
E não querer o que temer

Nem em mim, vejo tal força
Me diga se isso faz bem
Ter coragem pra dizer
Aquilo que se pensa

Falsche Video?