Quando as horas passam, eu saio pela porta sem saber aonde chegar.
Caminhando pelas ruas, vendo flores nuas pro seu rosto eu encontrar.
E quando vento bate as asas, da solidão.
Sinto frio no meu peito, e descanso meus pensamentos.
Mas deixo o frio La fora, e essa solidão vai embora, mas os dias são longos.
Então leve minha dor, e volte logo.

(refrão)
No universo oculto do meu coração.
Contando estrelas nessas noites de solidão.
Eu consigo te encontrar.
Nas ruas de Vênus seu sorriso agora está.
Mas de repente o sol raiou.
E o meu ser se reencontrou.
Por que quando as horas passam
Cada minuto é uma tortura sem você (2x)

(refrão)
No universo oculto do meu coração.
Contando estrelas nessas noites de solidão.
Eu consigo te encontrar.
Nas luas de Vênus seu sorriso agora está.
Mas de repente o sol raiou.
E o meu ser se reencontrou.
Por que quando as horas passam
Cada minuto é uma tortura sem você (2x)

Falsche Video?