É tempo de me ver
Porquê já estou com fome
Também já tenho sede
E já nem solto os "ais"
Estou como os animais
Sem raciocinar
Mas não sou cão sem dono
E nem um rei sem trono
É hora de você pintar
Quanto mais você demora na chegada
Mais riscos vou ter que correr
Ninguém pode sobreviver sem pão
Quero lhe beber como cerva gelada
Berrar como vaca malhada
Picada no pasto e em convulsão
Depois então carpir
O choro do amor
E sem me recompor
Dormir

Falsche Video?