Deus
Björk
Deus does not exit.
But if he does, he lives in the sky above me,
In the fattest largest cloud up there.
He's whiter than white and cleaner then clean.He wants to reach me.


Björk
Deus does not exist.
But if he does I always notice him.
Getting ready in his airy room.
He's picking his gloves so gently off.
He wants to touch me.


Björk
I'm walking humbly down a tiny street,
Pulling my collar it gets bigger,


Einar
I once met him,
It really surprised me,
He put me in a bath tub,
Made me squeeky clean,
Really clean.


BjörkTo create a universeYou must tasteThe forbidden fruit.

EinarHe said hi. I said hi,
I was still clean.


Björk
Deus does not exist,
But if he does he'd want to get down from that cloud,First marzipan fingers then marble hands,
More silent than silence and slower than slow,
Diving towards me.


My collar is huge room for two hands,
They start at the chest and move slowly down.


Einar
I thought I had seen everything,
He wasn't white and fluffy,
He just had side burns,
He just had side burns,
And a quiff,
He said hi.
I said hi. I was still clean,
I was squeeky clean.
I was surprised.
Just as you would be.


Einar & Björk
Deus, Deus, Deus, Deus
Björk
He does not exist


( Repeat 'til the end )
Deus
deus não existe.
mas se ele existisse,
ele viveria no céu acima de mim,
em uma nuvem grande e gorda lá em cima.
ele é mais branco que o branco e mais limpo que o limpo.
ele quer me alcançar.


deus não existe
mas se ele existisse eu sempre o notaria.
se preparando em seu quarto aéreo.
ele está escolhendo suas luvas tão brutalmente.
ele quer me tocar.
estou andando humildemente por uma rua estreita.
puxando meu colarinho que cresce.
eu o conheci uma vez.
realmente me surpreendeu.
ele me colocou em uma banheira.
me deixou melodicamente limpo. realmente limpo.


para criar um universo você precisa
provar o fruto proibido.
ele disse oi. eu disse oi. eu continuei limpo.


Deus não existe.
mas se ele existisse ele gostaria de descer daquela nuvem.
primeiro dedos de marzipan do que mãos de mármore.
mais silencioso do que o silencio e mais lento que a lentidão.
mergulhando em minha direção. meu colarinho é sala imensa para duas mãos,
elas começam no peito e se movem lentamente para baixo.
eu pensei que já tinha visto de tudo.
ele não era branco e fofo.
ele tinha costeletas.
ele tinha costeletas. e um topete.
ele disse oi. eu disse oi. eu continuei limpo. eu estava melodicamente limpo.
eu estava surpreso.
do mesmo jeito que você iria ficar.


deus deus. ele não existe. deus deus.

Falsche Video?