Se bem que não me ouviste, foste embora
E tudo em ti, decerto, me esqueceu
Como ontem, o meu grito, viste agora
Quando os outros te batem, beijo-te eu!

Se bem que às minhas maldições fugiste
Por te haver dado tudo o que era meu
Como ontem, o meu grito, agora viste
Quando os outros te batem, beijo-te eu!

Mas há de vir o dia que a saudade
Te lembre quem por ti já se perdeu
O fado, quando é triste, é que é verdade
Quando os outros te batem, beijo-te eu!

Falsche Video?