Meu nome sabe-me a areia
Que cresce no rio novo
Entre as verdades que sonho
E as tristesas que transponho
Meu nome sabe-me a povo

Corro os caminhos do mundo
Como um tronco de raiz
E se canto uma saudade
Eu limito a humanidade
Aos cantos do meu país

Meu nome gastou os dias
Que eu trilho de amor ao lado
Vivo a afagar uma estrela
E no desejo de vê-la
Meu nome sabe-me a fado

Falsche Video?