Minha Sina


Quis me enquadrar no que dizem ser real era só um devaneio meu
A vontade de buscar o que sempre imaginei, às vezes é mais forte do que eu

Fingir de herói, azar de quem não crê
Na verdade temos medo de sonhar
E se uma espaçonave louca quiser me levar
Meu amor eu vou viajar

Quero agradecer o mundo ao meu redor e a tudo que conspira ao meu favor
Há de me guiar uma estrela magistral, brilho de um maluco pensador

Tentar sorrir se o acaso me mostrar
Que é bem pouco, quase nada o que sei
E se vencido pro meu canto tiver que voltar
Meu amor vou feliz eu tentei

Muito chão, muitas horas
Poeira, chuva e gasolina ...
Algumas bocas coloridas!
Lhe confesso minha sina

Tentar sorrir se o acaso me mostrar
Que é bem pouco, quase nada o que sei
E se vencido pro meu canto tiver que voltar
Meu amor vou feliz eu tentei

Fingir de herói, o azar de quem não crê
Na verdade temos medo de sonhar
E se uma espaçonave louca quiser me levar
Meu amor eu vou viajar

Meu amor eu vou viajar

Falsche Video?