Buscando o infinito
Cato a minha mente
Que não capta
Um ponto além
Da minha vontade perdida de viver
Sinto e não sinto nada
Varo a madrugada
Sem novas companhias
Valeu esperar esse novo dia D

Como otário no meio da cidade
Me desacato e faço o que não posso
Só pra aumentar o desespero de existir assim
Minha vida ainda é pouca pra virar pó
Nas ruas cada vez mais sujas
Procuro encontrar no mundo
Algo além de mim

E sei seus olhos estavam mudos
Ficaram prendendo nossos sonhos
Sem volta

Tudo isso é porque não te esqueci
Tudo isso é porque nunca mais te vi
Afinal conheci todas as suas crises e manhas
Agora a cada manha minha cara no espelho
Me diz pra partir pra outra
Como se tudo fosse pouco pra nada
Nada

Falsche Video?