Quem me dera que o mundo fosse como eu queria ,
mas a vida é madrasta, já há muito se dizia,
o mundo é meu, teu, encontremos a solução, luta sempre,
o destino está na tua mão.

x1

A realidade contundente, acorda-me do coma profundo,
recorda-me, sobre a minha missão neste mundo.
Mundo que me pertence, se fizer por o merecer,
se me esforçar e se de lutar não me esquecer.
Tenho que fazer por mim, o que ninguém pode fazer,
quer fazer, quis fazer ou vai querer...
Mesmo assim, sem conselhos, sem ajuda, vou vencendo,
passo a passo, neste mundo imenso imundo, vou vivendo.
Não me iludo facilmente e mantenho-me sóbrio,
não acredito em promessas fáceis, confio em mim próprio.

Cada vez mais vivemos num mundo frio e irreconhecível
com aquecimento global perguntas-te como é possível
eu explico a raça humana só estará satisfeita
se o indivíduo conquistar e derrotar outros
na sua colheita sempre foi e será,
a história comprova-te isso se não fores submisso
assumirás um compromisso contigo para não te forçarem a distorções são transparentes como um aquário
as tuas intenções sobrevivência, quem sobrevive é o mais forte
pode não chegar mas muitos não têm essa sorte
corte na linha vital por jogadores de grande porte
não serei vencido, nem depois da morte.

Quem me dera que o mundo fosse como eu queria ,
mas a vida é madrasta, já há muito se dizia,
o mundo é meu, teu, encontremos a solução, luta sempre,
o destino está na tua mão.

x2

Não será o totoloto que me dará os milhões
o que me pode acontecer é perder alguns tostões
vou ter razões, para explodir de orgulho
vou varrer do caminho todo o lixo e entulho
pessoas que menosprezam outras subreptíciamente
mas vou valorizar como uma conta corrente
no presente e no futuro dá-me apoio quem me rodeia
a minha crew é organizada como uma colmeia
não me deixo subjugar se tenho cartas para dar
elementos como este são tão vitais como o ar
ultrapassar dificuldades, possibilidades infindáveis,
agradáveis, incríveis tranforman-se em saudáveis.
Tomei decisões e construi caminhos para chegar,
ao meu objectivo, a minha realização vou alcançar,
mais tarde ou mais cedo, hei-de conseguir mostrar,
esfregar na cara de alguns, o meu valor, exigir o lugar,
que nunca ninguém apoiou, ou ajudou a escolher,
não admito que agora digam o que devo ou não fazer.
Sou ambicioso, o suficiente é pouco para mim,
quero dar ao mundo o meu nome, luto até ao fim.
Nozes para quem não tem dentes, cedo aprendi o ditado,
os dentes já os tenho, as nozes tenho procurado.

Quem me dera que o mundo fosse como eu queria,
mas a vida é madrasta, já há muito se dizia,
o mundo é meu, teu, encontremos a solução, luta sempre,
o destino está na tua mão.

x6

Falsche Video?