Você vem, vem um vendaval
Você sai, fica o seu sinal
Espetando o meu eu
Esticando os meus ais
Instigando os rivais

Seu poder nunca foi normal
Trás um bem que de mais, faz mal
Estreando entre nós
De um estranho papel
De estrela cruel

Muito tempo eu pensei que esse seu frenesi
Era um jeito de ser, sempre fora de si
Ia dentro de mim, me cobri de razão
Mesmo achando que sim, repetir aqui não

Não foi você, não foi real
Não vi ninguém, vi um vendaval

Só se for um valor pra nós
Um amor num padrão veloz
Como um brilho no céu
Que acendeu e apagou
Uma estrela cruel

Muito tempo eu pensei que esse seu frenesi
Era um jeito de ser, sempre fora de si
Ia dentro de mim, me cobri de razão
Mesmo achando que sim, repetir aqui não

Não foi você, não foi real
Não vi ninguém, vi um vendaval
Vem vendaval, vem cascavél
Faz desse mal, fonte de mel

Não foi você, não foi real
Não vi ninguém, vi um vendaval
Vem vendaval, vem cascavél
Faz desse mal, fonte de mel

Falsche Video?