Ei, Garoto!
Sai da minha cola ou vai se arrepender
Se você quiser parar e ouvir minha história
Não vai querer me conhecer
Tomei tanta porrada da vida
Que aceito e agradeço um bom convite pra briga
Abaixa sua bola senão, eu atropelo você bonitão...

Desde cedo
Minha vida não foi mole tive que lutar
Noites e noites toquei de bar em bar
Dei muito duro pra me sustentar
Mas era tanta conta que acumulava
A grana só batia na mão e voltava
Assaltei sei que agi fora da lei
Mas minha etapa, eu já puxei...

Certa noite
Tentaram me agarrar lá no palco do bar
Chorei, gritei, implorei por socorro
Mas ninguém veio me ajudar
Quebrei uma garrafa de um falso escocês
E o sangue abundante jorrou mais de uma vez
Em vez do meu cachê recebi um par de algemas
Dormi numa cela ao som dos meus poemas...

Ei, Garoto!
Algum tempo depois tentei me apaixonar
Rosas, beijos, carinhos , promessas
Não foi fácil ele me enganar
Então sem mais nem menos veio a traição
Flagrei ele no carro com a mulher de um irmão
Quebrei a cara deles
Botei fogo no carro só pra me vingar.

Ei, Garoto!
Ei, Garoto!
Ei, Garoto!

Falsche Video?