Sim saber que não sonhar, é acordar pra sentir
E sobrepor o dom de iludir
Num barquinho de papel e bolhinhas de sabão
Bem saber tirar os pés do chão
Se querer crescer, é esquecer brincar
Não saber temer a força de imaginar
Num mundo cheio de falsa razão

Quero ser igual a Peter Pan
Não crescer até de manhã
E poder voar, pra qualquer lugar
Sem ter hora pra voltar
Na floresta lambuzar de mel
Criar asas, ir até o céu
Achar bem normal, espaço sideral
Roubar uma estrela

Se achar a vida é pouco
Pior é não procurar
O destino é saber traçar
Da infância pro telhado
Se quem quiser vir
Não é longe pra demais sorrir
Se pra desistir, não saber tentar
Criança é não fugir, sem antes lutar
Correr de costas, montar num cometa

Falsche Video?