Mudo minha vida, acho meu prumo
Seguro o leme, mudo o meu rumo
Moldo meus sonhos, construo os meus planos
Como eu quiser

A minha sina desde menina
Brilha em meus olhos, em meu sorriso
Mostro minh'alma abro meu livro
Na íris do olhar

E levo minha vida assim
Sempre fui a dona de mim
Tenho as rédeas do meu coração
Firmes e fortes nas minhas mãos

Respiro certo, expiro versos
Busco minhas glórias e minhas vitórias
Sei quando é hora e quando não é
Hora de parar

Do meu destino escrevo o hino
Entôo o canto, choro meu pranto
Busco no infinito, não me limito
ao transcendental

Falsche Video?