Venho da maravilha
Do mel da Jandaíra
Cheiro à flor de mangueira
Venho da maraponga
Pitanga milonga
Me língua de sol e de dengue
Pra mim do final dessa praia
Sa sacode a barra da saia
Sa sacode a barra da saia
Que eu te vejo por inteira
Que eu te vejo por inteira
Desde o regaço do norte
À corredeira do sul
Teu riso é uma bandeira
Escorre como um riacho
Acho claro eu e tu
Papel seda flor do mato e cetim
Pra te cantar pastorinha
Te trago dentro da minha
Chuva de luz no dourado
Fina areia prateada
Na asa da borboleta
Meu anjo solto no espaço
Espanta o mal e afasta
E deixa brilhar estrelas
Em constelações de luz
Em canções cheias de luz
No céu das nossas cabeças

Falsche Video?