O azul do teu olhar
Brilha ofuscando o mar
Provei da tua boca o mel e devolvi (o amargo féu)
E pra entender o amor
Eu senti o dissabor
De te ver com outro alguém
Eu sozinho sem ninguém
Mesmo assim, há em mim
Uma esperança sem fim
Que me faz confiar que eu vou virar o jogo
E te conquistar

Refrão

Vou pintar sem pudor, nós dois, o vinho e a flor
Vou cantar, recompor, a serenata do amor
Teu olhar, despertou, um ato em mim sonhador
Que me faz, vencedor, e é por isso que eu canto com amor
Nós dois, o vinho e a flor

Falsche Video?