refrão:
Pare o carro, eu quero descer
A minha mulher me deixou (2x)

Falou que como a Julieta do Romeu
Pretendia morrer de amor
Antes que eu me decidisse sobre a trama
Ela se precipitou e se envenenou

refrão

Eu vendo o corpo da bichinha estendido em cima da esteira
Sem a menor forma de reação
Me estremeci dos pés à cabeça de tanto medo
Na minha hora de tomar a derradeira porção do veneno


Mas a lei por lei me levou preso como culpado
Algemado, eu vou dentro dessa viatura
Arrependido, desesperado, querendo a minha morte
Pra reencontrar a minha doçura lá no céu

Pare o carro, eu quero descer
Não sou culpado, ela se matou
Pare esse carro que eu quero morrer
E reencontrar o meu amor

Falsche Video?