Mãe, mãe você pode me ouvir, eu continuo tentando
Me encontrar e tudo que sei agora, é tudo que você me mostrou,
Perguntas intermináveis, final do desespero

Essa pílula amarga está me distanciando e agora sinto
Como se não tivesse nada que me deixasse falar e finjo
Procurar por outro caminho, mas no final será que ficarei bem?
Ficarei bem?

Pai, pai você vai estar lá quando eu gritar?
O silencio se torna frio novamente, congelando interiormente,
Paralisado nesse sonho, dormindo dentro de mim

Antes de enfrentar outro dia, você não vai me deixar ficar dormindo,
Perdido entre os sonhos que sempre me confortam?
E antes que eu encontre meus pés, você não me mostrará?
O que preciso, o que preciso para caminhar novamente?

Falsche Video?